*Atenção: esse texto pode conter alguns spoilers para os que não estão em dia com a série, que estreia sua 7ª temporada neste domingo.


Juego de Tronos: Seguindo os passos de Arya, Daenerys e dos Martell na Espanha


Jamie Lannister e Bronn chegam ao palácio dos Martell para resgatar Myrcella. A alguns quilômetros dali, Sir Jorah tenta, mais uma vez, provar sua lealdade a Daenerys arriscando sua vida. Ao norte, Arya Stark luta por sua sobrevivência em Braavos a apenas alguns metros do Septo de King’s Landing, onde Cersei faz sua caminhada da vergonha. Se você é fã da série da HBO Game of Thrones provavelmente conhece o mapa de Westeros de cor e sabe que esses acontecimentos estão separados por vários dias de viagem - e até em continentes diferentes, como as terras de Essos do outro lado do Mar Estreito. Acontece que muitas dessas sequências foram filmadas relativamente próximas umas das outras - e é possível visitar alguns desses cenários em diversas cidades da Espanha.




[caption id="attachment_5182" align="aligncenter" width="1024"] Cenas da série gravadas na Espanha[/caption]

Quando pensamos em visitar locações de Game of Thrones logo vem à mente o Reino Unido e a Islândia, onde são filmadas a maior parte das cenas do “norte”, e a Croácia, já bastante conhecida por dar vida a King’s Landing (ou Porto Real). Mas desde a entrada em cena da Casa Martell e das viagens de Daenerys e Arya Stark, a Espanha entrou no roteiro obrigatório dos fãs da série. E o país ibérico não faz feio, contando com cenários medievais e também desérticos, passando pela influência árabe que ajuda a dar vida à exótica Dorne. E se você precisa de ainda mais motivos para fazer a viagem, saiba que há até um museu dedicado à série. De fato, o turismo na Espanha tem se beneficiado bastante do legado que as filmagens deixaram. Além de Sevilha, Osuna, Girona, Peñíscola e diversas outras cidades espalhadas pelas províncias espanholas, tudo indica que a cidade muralhada de Cáceres será uma das novidades da próxima temporada.



Dorne, Meereen e Volantis


Minha viagem começou pela Andaluzia, sul da Espanha. A província é conhecida pelo clima mais temperado e pela influência árabe, herança dos povos mouros vindos do norte da África que ocuparam a região durante a Idade Média. A principal cidade da região é Sevilha, abrigando diversos ícones da arquitetura moura como o Real Alcázar. Esse palácio, que até hoje serve de residência real do rei da Espanha, foi construído para ser uma fortaleza moura.




[caption id="attachment_5178" align="aligncenter" width="853"] Myrcella Baratheon e Príncipe Doran Martell namorando em Dorne - cena gravada nos jardins do Real Alcázar[/caption]

Dentro do universo de Westeros, o lugar se converteu nos Jardins de Água e no palácio da Casa Martell. É aqui que vemos, na quinta temporada, o irmão de Oberyn e sua cunhada tramando contra os Lannisters e é também de onde Jaime Lannister e Bronn resgatam Myrcella (ou quase). O Real Alcázar fica bem no centro de Sevilha e é uma das atrações mais visitadas da cidade. A entrada custa 9,50 € e as reservas podem ser feitas pela internet para evitar as filas dos dias de maior movimento.




[caption id="attachment_5179" align="aligncenter" width="850"] Ellaria Sand e Doran Martell em Jardins de Água, refúgio da Casa Martell.[/caption]

Outra característica da arquitetura espanhola são as Plazas de Toros, arenas onde aconteciam (e em alguns casos ainda acontecem) as touradas. Há diversas Plazas de Toros em toda a Espanha, mas foi em Osuna, nos arredores de Sevilha, que os produtores da série encontraram o cenário ideal para criar a arena de Meereen, em Essos - onde Daenerys sofre o ataque dos Filhos da Harpia e é resgatada por Drogon, no final da quinta temporada. A cidade fica a menos de 1 hora de Sevilha. Para chegar lá, é possível ir de ônibus saindo da Estação Santa Justa - mas como esses ônibus têm intervalos nada práticos, o melhor é ir de carro ou Blablacar (um site de "caronas pagas" - que inclusive usei para ir até lá, e considerei bastante seguro).




[caption id="" align="aligncenter" width="500"] Drogon resgatando Daennerys[/caption]

[caption id="attachment_5186" align="aligncenter" width="1024"] A Plaza de Toro onde foram gravadas cenas para Game of Thrones[/caption]

O esforço é recompensado pelo simpático Museu de Osuna e seus Salões de Gelo e Fogo, onde estão expostos objetos utilizados nas filmagens e também fotos dos dias que abalaram a pequena cidade de casas caiadas. A entrada para o museu custa 2 euros. Lá você pode pegar um mapa da cidade e seguir caminhando em direção à Plaza de Toros. Mas, atenção! Só é possível visitar a arena aos domingos de manhã! Nos dias de semana tudo que você vai conseguir é tirar fotos do portão mesmo.




[caption id="attachment_5169" align="aligncenter" width="1024"] Entrada do Salón de Hielo Y Fuego[/caption]


Osuna fica no caminho para Córdoba e se quiser aproveitar o embalo pode seguir para lá e conferir a Ponte Romana, que aparece na série como a ponte de Volantis.

King’s Landing e Braavos


Avançando para o norte da Espanha, mais precisamente para a província da Catalunha, encontramos o cenário de algumas das cenas mais impactantes da quinta temporada. Em Girona, simpática cidade com ruas de paralelepípedo a 1h de trem de Barcelona, encontramos as ruas por onde Ninguém Arya perambula cega como parte dos testes a que é submetida para ser aceita entre os Homens sem Face.



O local exato onde foi gravada essa cena fica a apenas alguns metros da catedral de Girona que, com sua fachada barroca, deu vida ao Septo de King’s Landing. Esse mesmo, cujas escadas dão início (depois o "passeio" vai para a Croácia) à Caminhada da Vergonha de Cersei e que dá lugar à grande vingança da rainha mãe no final da sexta temporada, matando Margery, o Alto Pardal (juntamente com todo seu séquito) e, é seguro dizer, metade da cidade com fogo vivo. Também vimos cenas rodadas nos Banhos Árabes, outra atração da cidade: um edifício de estilo românico, construído em 1194, que imitava os banhos muçulmanos.




[caption id="attachment_5185" align="aligncenter" width="1024"] Os Banhos Árabes aparecem quando Arya, desesperada, tenta fugir de Waif. Essa escadaria é onde ela ficava mendigando durante o treinamento.[/caption]

Como se esses já não fossem motivos suficientes para ver Girona de perto, o local onde essas cenas foram gravadas ficam dentro de um lugar histórico: El Call é um dos bairros judeus mais bem preservados da Catalunha (e, quiçá, da Europa) e tem diversas escadarias, ruas estreitas e muros de pedra muito bem conservados. Na rua principal da cidade há uma loja onde é possível comprar camisetas e outros objetos relacionados à série - mais uma prova do seu impacto na economia local. Chegar lá é bem tranquilo: a cidade é acessível por trens que saem de hora em hora de Barcelona.



Sétima temporada: Cáceres e País Basco


A Espanha conta com diversas outras locações de Game of Thrones que não visitei, como Peñíscola e a região de Almería, que deram vida a Mereen e ao reino desértico dos Dothraki. Em 2016 a equipe de filmagens da série retornou à Espanha para filmagens da sétima temporada. Alguns dos locais escolhidos ficam na região de Sevilha e Cáceres - esta última abriga um dos mais bem preservados conjuntos medievais da Europa, listado como patrimônio da humanidade pela Unesco. O elenco da série também foi visto no País Basco e acredita-se que aí foram rodadas cenas correspondentes às Ilhas de Ferro. Já Cáceres deve dar vida à Casterly Rock (ou Rochedo Casterly), a sede da Casa Lannister. Por enquanto há apenas especulações, mas a julgar pelos cenários escolhidos o que temos certeza é que vou precisar voltar à Espanha para conferir as locações da nova temporada!




[caption id="attachment_5181" align="aligncenter" width="1024"] Patrícia em Girona, Espanha.[/caption]

Como fã da série e alguém que gosta muito de viajar, posso garantir que vale muito a pena planejar um roteiro que inclua esses cenários que ajudam a dar vida ao universo de George R.R. Martin. Sendo a Espanha um país com sua própria história de reis, fogo e sangue, não é difícil imaginar esses personagens povoando a paisagem ibérica com esses mesmos locais cheios de história como pano de fundo de muitos acontecimentos marcantes. Estar lá é viver esses acontecimentos que testemunhamos através de livros e pela tela da TV.




Escrito por:

Patrícia Matos


"Patrícia Matos é tradutora, nerd acadêmica e travel hacker. Nascida da Tormenta do Rio de Janeiro, caçadora de promoções, garimpadora de descontos, desviadora de armadilhas para turistas e rainha das milhas aéreas."


Siga a Patrícia no Instagram.